quarta-feira, 13 de outubro de 2021

Câmara aprova texto-base de projeto que muda regras do ICMS sobre os combustíveis


Maior desculpa de Bolsonaro sobre aumento dos combustíveis pode estar com os dias contados. ICMS sobre os combustíveis sempre teve o mesmo percentual desde a sua criação e a arrecadação nos estados reflete em retorno para áreas da saúde e educação. Presidente sempre culpou governadores mesmo sabendo que aumentos são por conta da alta do Dólar em comparação com o Real. O que indica uma má gestão econômica do País. 

Estados terão autonomia para definir alíquotas, mas cálculo levará em conta preço médio dos dois anos anteriores. Lira diz que preço da gasolina pode cair até 8%.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (13) o texto-base de um projeto que muda o cálculo da tributação sobre os combustíveis. A proposta determina que o ICMS cobrado em cada estado será calculado com base no preço médio dos combustíveis nos dois anos anteriores.

Para a conclusão da matéria, os parlamentares ainda precisam analisar os destaques, que são sugestões pontuais de alteração no texto principal. Em seguida, a matéria irá para o Senado.

Hoje, o ICMS aplicado nos combustíveis tem como referência o preço médio da gasolina, do diesel e do etanol nos 15 dias anteriores em cada estado. Ou seja, a cada 15 dias, a base de cálculo muda – e passa a incluir a oscilação recente no preço.

Ao ampliar esse período de referência para dois anos, os defensores da medida afirmam que seria possível reduzir a volatilidade nos preços cobrados nos postos.

De acordo com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) – apoiador do texto –, a mudança permitirá a redução do preço da gasolina em 8%; do etanol em 7%; e do diesel em 3,7%. 

Pela proposta, estados têm autonomia para definir, anualmente, suas próprias alíquotas, desde que elas não ultrapassem, em reais por litro, o valor da média dos preços "usualmente praticados no mercado" nos últimos dois anos. O valor desse tributo deve vigorar por 12 meses.

Se o texto virar lei, o primeiro reajuste feito pelos estados deverá considerar o preço médio praticado entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020.

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) disse que a Casa terá "boa vontade" para analisar e, eventualmente, "aprimorar" a proposta quando a votação for concluída na Câmara.

"Nós todos comungamos da tese de que temos que estabilizar o preço dos combustíveis e tornar o preço um preço que seja palatável para o país. Não tem como desenvolver o país com o combustível com esse preço hoje no Brasil", declarou.

Governadores de 20 estados dizem em nota que alta do preço da gasolina é 'problema nacional'

Por que o preço da gasolina não para de aumentar?

Leia a matéria completa do G1

Feirão vai oferecer mais de mil vagas de emprego no Rio na quinta-feira; inscrições já estão abertas para quem quiser participar


A partir da próxima quinta-feira (dia 14), a Comunidade Católica Gerando Vidas realizará um feirão de empregos, no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio. Ao todo, serão oferecidas 1.118 vagas em diversas áreas, incluindo postos de trabalho para auxiliar de serviços gerais, operador de caixa, estoquista e atendente de loja. As inscrições, que foram abertas nesta terça-feira, poderão ser feitas pela página da Comunidade no Facebook até a tarde desta quarta-feira.

A oferta de vagas do feirão — que vai terminar na sexta-feira (dia 15) — será dividida em dois dias de evento: 718 serão oferecidas na quinta-feira, e outras 400 no último dia. No momento do agendamento, que é obrigatório, o candidato vai receber todas as informações por e-mail, incluindo o local, a documentação necessária e as áreas com mais oportunidades.

— Tivemos que organizar este agendamento obrigatório, porque antes da pandemia a gente já tinha uma fila muito grande. Agora, com o desemprego em alta, seria catastrófico. Depois do agendamento, nós vamos chamar os primeiros inscritos, respeitando sempre a ordem de cadastro. A ideia de divulgar o local somente para quem fez o agendamento é para evitar que quem não o fez também compareça, porque pode prejudicar outras pessoas e seria injusto — afirmou Paulo Vasconcelos, coordenador da Comunidade Católica Gerando Vidas.


Além de levar o currículo atualizado, os candidatos precisam ter ensino fundamental ou médio para concorrer às oportunidades.

Com Extra

terça-feira, 12 de outubro de 2021

Concurso em Itaguaí poderá ser retomado em breve


Novas inscrições poderão ser aceitas e quem já se inscreveu tem garantida a realização do certame sem qualquer prejuízo. 

Ao todo são 754 vagas para cargos de ensino fundamental, médio e superior. Não há qualquer definição de datas. Último concurso na cidade ocorreu em 2011.



A Fundação Ceperj (organizadora) informou que iniciou as tratativas com a Prefeitura de Itaguaí, na Baixada Fluminense, para a retomada do concurso que visa ao preenchimento de 754 vagas em diversos cargos dos níveis fundamental, médio e superior. A seleção está paralisada desde abril do ano passado, em função da pandemia do novo coronavírus.

Segundo uma fonte da prefeitura, ao retomar o concurso Itaguaí-RJ, as inscrições deverão ser reabertas. Caso isso aconteça, elas serão aceitas por meio do site da Fundação Ceperj e em posto de atendimento em Itaguaí.

As taxas são R$60 para cargos do nível fundamental, R$80 para os dos níveis médio e médio/técnico, R$90 para os de nível superior da área de Educação e R$120 para os de nível superior da área de Administração.

As remunerações do concurso Itaguaí-RJ variam de R$1.002,94 a R$16.171,50, com cargas de trabalho que podem ser de 20h, 25h, 30h e 40 horas semanais. As funções de professor 4 em suas diferentes áreas tem carga de trabalho de 16h/aula semanais.



Oportunidades em diversos cargos

A maior oferta do concurso Itaguaí-RJ é para a função de professor de 1 - Educação Infantil ao 5º ano, que contabiliza 424 vagas. Para concorrer ao cargo é preciso ter ensino médio concluído e formação de professores séries iniciais ou formação normal superior/Pedagogia das séries iniciais.

No nível fundamental, há vagas para almoxarife, auxiliar de educação infantil, auxiliar de serviços escolares, cozinheiro e inspetor de alunos. Para o nível médio as oportunidades são para agente de trânsito, agente fiscal de tributos, fiscal de meio ambiente, fiscal de obras, fiscal de serviços concedidos, guarda municipal e secretário escolar.

Para o médio/técnico, oferece vagas para técnico de segurança do trabalho. No nível superior, as chances são para advogado, arquiteto, engenheiro civil, orientador educacional, supervisor educacional e professor nas seguintes áreas:  Artes; Ciências Físicas e Biológicas; Educação Física; Geografia; História; Letras/Língua Portuguesa; Língua Inglesa; e Matemática.

Todos os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, que terão 30 questões para os candidatos a cargos de nível fundamental, 40 para os de níveis médio e médio/técnico e 50 para os de nível superior.

Quem ja se inscreveu já está automaticamente na disputa das vagas 

O concurso Itaguaí-RJ, que já tem 53 mil inscritos, contará ainda com prova prática para cozinheiro, teste de aptidão física para guarda municipal e avaliação de títulos (a serem entregues no dia da prova objetiva) para todos os cargos de nível superior. As possíveis novas inscrições assim que reabertas, acrescentarão em nova chance para àqueles que não se inscreveram anteriormente. 

Fonte : Folha Dirigida

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

Fiocruz seleciona voluntários para testar novo remédio para prevenção da Covid-19; saiba como participar


Molnupiravir é produzido pela farmacêutica MSD e está na fase final de testes para comprovar sua eficácia. Voluntários precisam morar com alguém que testou positivo para a doença nas últimas 72 horas.


A Fiocruz começa a realizar, a partir desta segunda-feira (11), um estudo com um medicamento que pode ser mais uma arma contra a covid-19. Ele não substitui a vacina, mas, se aprovado, vai ajudar na prevenção da doença.

Para realizar o estudo, a Fiocruz abriu inscrições para que voluntários possam testar o novo medicamento promissor. Esta é a chamada fase 3 da pesquisa, uma importante etapa que vai avaliar como a substância age no corpo humano.

O medicamento em estudo é chamado de molnupiravir, um antiviral que pode evitar a replicação do coronavírus no organismo. Os estudos feitos até agora indicam que a substância impede o desenvolvimento da doença.

“Os resultados com esse antiviral usado anteriormente para tratamento de casos foram muito animadores. Então, por isso, nós estamos muito confiantes que ele possa ser usado como profilaxia de doença”, disse a médica infectologista Dra. Margareth Dalcomo, que é uma das coordenadoras do estudo.

Os resultados do estudo desenvolvido pela Fiocruz devem ser apresentados em seis meses. A fundação é responsável por dois dos sete centros de pesquisa do Brasil que fazem a pesquisa com o medicamento da farmacêutica MSD.

A ideia é acompanhar 30 voluntários, que serão divididos em dois grupos. Um grupo tomará o medicamento, o outro irá receber um placebo (medicamento sem qualquer principio ativo, ou seja, sem eficácia).

Saiba como participar do estudo

O objetivo do estudo é avaliar o uso de molnupiravir como profilaxia pós-exposição por pessoas que foram expostas ao vírus, ou seja, que residem com uma pessoa que testou positivo para covid-19 nas últimas 72 horas e estão sem apresentar sintomas associados à doença.

O tratamento consiste no uso do medicamento, por via oral, duas vezes ao dia, durante cinco dias consecutivos.

Para poder se candidatar, é necessário:

ter, no mínimo, 18 anos de idade;

não ter tomado a vacina contra covid-19 ou ter recebido apenas uma dose do imunizante nos últimos 6 dias;

morar com alguém que testou positivo para covid-19 nas últimas 72 horas e apresenta pelo menos um sintoma da doença como febre, tosse ou perda do paladar ou do olfato;

não estar hospitalizado.

Os interessados em ser voluntários no estudo da Fiocruz podem acessar a página da farmacêutica MSD (www.msd.com.br/estudo013/) ou entrar em contato, entre as 8h e as 17h, com as coordenadoras de estudo por meio dos telefones (021) 97347-0389, (021) 2448-6879 ou 2448-6846.

Matéria do G1 / Rede Globo

quinta-feira, 7 de outubro de 2021

Vídeo flagra crocodilo gigante devorando um menor que ele, de 2 metros; assista





Um vídeo que flagrou o momento em que um crocodilo gigante devora um menor que ele no condado de Horry, no estado da Carolina do Sul, nos EUA, foi publicado no Twitter na última sexta-feira, dia 30, e vem impressionando internautas. Responsável pela postagem, o norte-americano Taylor Soper afirma que o animal devorado media cerca de 2 metros de comprimento. Crocodilos podem chegar a ter 5 metros.


"Isso aconteceu no quintal dos meus pais hoje. O lanche é um crocodilo de 6fts (cerca de 2 metros)", escreveu o jovem.


Assista no link abaixo:

https://youtu.be/zfY8ilGUlhA


Na rede social, Soper declarou que esta não é a primeira vez em que flagram o predador devorando outros animais menores na região. Ele ainda diz que no fim de semana anterior havia visto uma situação parecida, mas que dessa vez os moradores ficaram chocados por estar acontecendo novamente em pouco tempo.


"O que é muito legal é que vimos aquele que está sendo comido neste vídeo comer um bebezinho no fim de semana passado, então há alguma loucura acontecendo lá", comentou com um seguidor.

quarta-feira, 6 de outubro de 2021

Abertas as inscrições para cursos de teclado, bateria e baixo em Itaguaí


As aulas são gratuitas. Saiba como se inscrever:


A Prefeitura Municipal de Itaguaí, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, iniciou nesta quarta-feira 6, as inscrições para os cursos de “teclado, bateria e baixo”.

Para se inscrever o candidato (a) deve comparecer na E. M. de Música Chiquinha Gonzaga, localizada na rua Padre Cezare Vigezzi nº74, das 9h às 17h, nos dias 06, 07 e 08 de outubro.  Podem se inscrever pessoas a partir de 10 anos de idade. O responsável de adolescentes menores de idade, devem levar sua documentação de identidade e se houver também do menor. Para maiores informações deve-se procurar a sede da escola de música. 

A E. M. de Música Chiquinha Gonzaga observa o cumprimento de todos os protocolos sanitários.

Educadores ainda não receberam seus salários em Itaguaí referente a setembro


Apesar de vencimentos serem pagos até o quinto dia útil, todos estavam planejando recebimento no último dia 30, conforme ocorria nos meses anteriores. Mudança na execução de verbas oriundas do Fundeb e cadastro em sistema online foram alguns dos possíveis motivos do atraso. Demais servidores já receberam seus vencimentos na última sexta-feira 30.


Itaguaí  - Os educadores municipais de Itaguaí, que contemplam professores e demais profissionais que atuam nas unidades de ensino, estão sem receber o salário correspondente ao mês de setembro até o momento. Diferentemente do que estava ocorrendo, os profissionais de escolas não receberam seus vencimentos no último dia 30, quando os demais servidores tiveram seus salários pagos.

Nosso blog pôde apurar que o não pagamento até o presente momento se deve a mudança na forma de utilização da verba do Fundeb que não mais permite que a prefeitura faça os repasses diretamente através da conta destinada para este fim para as contas dos educadores. Agora, quem faz tal ação é o próprio Banco do Brasil e para que isso ocorresse havia a necessidade de cadastramento dos profissionais junto ao banco e de forma online. Sendo assim, uma força-tarefa na Secretaria Municipal de Educação foi criada para que esse cadastramento fosse feito. Porém, o inconstante sistema online do banco, associado que tais cadastros junto a plataforma do BB só permite atualizações durante o expediente bancário, acarretaram nessa demora além do esperado.

A verba do Fundeb é utilizada para pagar os vencimentos de professores e demais servidores da educação que atuam em escolas e creches regulares e a complementação quando necessária é feita com verba própria do município, o que também pode ocasionar de alguns educadores do grupo de apoio educacional terem recebido, enquanto a maioria ainda não.

Nosso blog enviou questionamentos a prefeitura quanto a data precisa desses pagamentos e estamos no aguardo da solução e/ou resposta. 

Cabe lembrar que os demais servidores que não trm seus vencimentos atribuídos ao Fundeb, já receberam seus vencimentos desde o dia 30 de setembro.

segunda-feira, 4 de outubro de 2021

WhatsApp, Facebook e Instagram apresentam instabilidade



Os três serviços pertencem ao Facebook, que diz que investiga o motivo da falha.

Mundo - WhatsApp, Facebook e Instagram apresentam instabilidade no começo da tarde desta segunda-feira (4). Internautas em todo o mundo estão relatando dificuldade pra acessar os serviços que pertencem ao Facebook.

Às 13h10, o site Downdetector, que monitora reclamações sobre serviços da internet, registrava cerca de 40 mil queixas sobre o o aplicativo de mensagens. Para o Instagram, eram cerca de 10 mil e, para o Facebook, 5 mil.

O termo WhatsApp se tornou o primeiro nos Trending Topics do Twitter no Brasil por volta das 12h50. Cerca de meia hora depois, o concorrente Telegram, que segue no ar, passou a ser o segundo mais comentado.

o Facebook informou que está investigando o motivo dessa instabilidade. No Twitter, os perfis do Facebook e do WhatsApp postaram: "Estamos cientes de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização assim que possível".
E o Instagram tuitou: "O Instagram e amigos estão tendo um momento complicado agora e talvez você esteja com problemas para usá-los. Conte com a gente, estamos em cima disso".

A instabilidade também rendeu memes e reações no Twitter.

Veja algumas reações no Twitter:





sábado, 2 de outubro de 2021

Manifestação no Rio contra Bolsonaro lembra a possibilidade de privatização da Nuclep


União e faixas de igrejas evangélicas pediam o impeachment do presidente. De forma inédita adversários e partidos políticos se uniram no que eles dizem ser um ato maior do que as diferenças 

Rio de Janeiro  - Reduto eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o Rio de Janeiro também foi palco, na manhã e tarde deste sábado, 2, de protestos que ocorreram em todo o país. Os manifestantes se concentraram na Igreja da Candelária, no Centro, seguiram pela Avenida Rio Branco até a Cinelândia.


Durante o evento a possibilidade da privatização da Nuclep em Itaguaí foi lembrada. Na próxima quarta-feira (6), a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados irá discutir a proposta de retirar a  Nuclebrás Equipamentos Pesados (Nuclep) do programa de desestatização.Vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a Nuclep é uma estatal que produz
equipamentos para as usinas nucleares do complexo de Angra dos Reis (RJ). Também foi responsável pela fabricação de componentes para o submarino nuclear que está sendo construído pela Marinha.

Partidos unidos pelo Impeachment de Bolsonaro 

Em tal manifestação algo inédito está ocorrendo. Varios partidos políticos que antes jamais se imaginavam ver juntos, estavam unidos no ato. Siglas como PT e MDB que até bem pouco tempo atrás jamais se imaginariam ver juntas, estavam focadas no que se chama de causa maior, que é a saída do Presiente Jair Bolsonaro. Ao todo, mais de 20 partidos e movimentos sociais estão desde as primeiras horas da manhã participando. Siglas como PT, Podemos, PSL, PSOL, PCdoB,PDT, PSD, Rede, PV, Cidadania, Solidariedade, DEM, PSDB, NOVO entre outros, estão juntos com diversos movimentos sociais neste momento. 


Além disso, diversas igrejas evangélicas também participam pelo fora Bolsonaro no Rio.

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Polícia Civil e PF estouram galpão em Itaguaí com carga de cocaína que tinha como destino a Europa

Material entorpecente estava escondido entre carregamento de mangas


Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) e da Polícia Federal estouraram um galpão onde traficantes estocavam grande carga de cloridrato de cocaína, na tarde desta quinta-feira, em Itaguaí. De acordo com informações preliminares, o material estava escondido em contêineres entre carga de mangas que seria exportada para países da Europa. Três pessoas envolvidas no esquema de tráfico foram presas próximo ao local. 

Os traficantes substituíam os caroços das mangas por capsulas da droga e posicionavam as frutas de maneira a dificultar a identificação dos cortes. Por fim, as frutas eram embaladas em plástico filme. A quantidade de droga apreendida ainda não foi divulgada pela corporação, mas informações preliminares dão conta de que cada quilo da droga é vendido para fora do país por 30 mil euros. 

Segundo os investigadores, a droga saía de outros estados dentro de carregamentos de açúcar e, ao chegar no Rio, o material era escondido dentro da carga de mangas. Para dificultar a fiscalização da droga, a quadrilha utilizava contêineres do tipo refrigerados, o que complica a vistoria dos itens, uma vez que esse tipo de equipamento só pode ser aberto em ambiente com temperatura controlada. 

Os criminosos responsáveis pelo carregamento pertencem a uma das maiores quadrilhas especializadas em logística internacional de remessa de cocaína da américa do Sul para Europa. Nas imediações do galpão, três homens foram presos quando tentavam escapar da ação policial. Com eles, os agentes apreenderam uma pistola. 

De acordo com a Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), a quantidade de droga ainda está sendo contabilizada e a investigação continua para determinar a identidade dos traficantes além do caminho de entrada e circulação da droga no Estado.