quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

Em entrevista, prefeito de Itaguaí fala sobre a iluminação de Natal na cidade, privatização da Cedae, servidores municipais e sobre a vacinação contra a Covid-19 no município

Na noite da última quarta-feira, o prefeito de Itaguaí Rubem Vieira do Podemos, concedeu uma entrevista ao Canal Estúdio B. Dentre os assuntos abordados, o chefe do Poder Executivo falou sobre a outorga da Cedae, onde o lote corresponde a Itaguaí ainda não houve uma definição. Segundo o Dr Rubão, a cidade de Itaguaí sozinha conseguiria manter sua demanda de consumo de água, porém historicamente o governo do Estado detentor da exploração da água, sempre utilizou as fontes da cidade para abastecer outras localidades. Itaguaí é um dos poucos municípios que ainda não foram contemplados com a privatização da Cedae por fazer parte do Bloco 3 da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), que envolve uma parte da Zona Oeste da capital fluminense (AP-5) e mais 20 municípios do interior. O leilão para este Bloco está confirmado para acontecer no dia 29 de dezembro na B3. As outras três áreas de atuação da Cedae foram arrematadas em abril deste ano, o valor das outorgas somaram R$ 22,6 bilhões, um ágio de 114% em cima do valor mínimo.


O prefeito falou sobre às indagações a respeito do investimento na comemoração de Natal na cidade. “É uma licitação de registro de preço, que você utiliza conforme a necessidade e dura o ano todo. Não significa que vamos utilizar o valor total. O que não dá é para fazer licitação de um mesmo serviço várias vezes. Alguns falam sobre o investimento na festa, mas não sabem que nesse mês de novembro, a prefeitura arrecadou 16 milhões a mais que o mesmo mês do ano passado. E os investimentos feitos na aparência da cidade e a própria iluminação natalina, faz com que as pessoas frequentem mais a cidade e consequentemente gastem no comércio local. A nossa arrecadação está quase dobrando. Estamos gerando emprego, renda e aumentando a arrecadação. A cidade já está até recebendo ônibus de excursão para visitação”, revelou o prefeito de Itaguaí.

Sobre as festas de fim de ano ele afirmou que, por enquanto, o Ano Novo está garantido, mas a realização da festa vai depender dos índices de saúde após o Natal. “Hoje nós temos quase 80% da população vacinada e permanecemos na bandeira verde, mas ainda não programamos o Carnaval por todas essas questões sanitárias”, informou. 


Em relação aos servidores públicos municipais, Rubão disse que a segunda parcela do décimo terceiro salário será paga no próximo dia 20 de dezembro. Garantiu que as reposições salariais dos servidores começarão a ser repostas já no primeiro pagamento de 2022 e só não antecipou pois a Lei Complementar do governo federal 173/20 , que entrou em vigor em maio do ano passado, proíbe qualquer reajuste ao funcionalismo estadual e municipal até o fim de 2021. O prefeito ainda falou sobre receber servidores para diálogo em busca de melhorias ainda maiores aos servidores. Perguntado sobre receber o sindicato dos Profissionais de Educação, Rubão falou que os recebeu em março de 2020, mas que a pauta do sindicato não era de diálogo e que visava apenas uma greve imediata, incluindo exigências que mutavam a cada momento. Além disso, declarou que o sindicato está em plena campanha eleitoral para seus dirigentes se perpetuarem no poder e que o Sepe Itaguaí está criando grupos políticos na cidade. Ainda sobre o Sepe, o prefeito disse que não mais tem recebido o sindicato porque eles tem usado o órgão apenas para fins políticos. Ressaltou que os próprios diretores tentaram greve recentemente e os educadores foram contra. Também contou que os dirigentes do sindicato utilizam de ações discriminatórias, entre elas a "gordofobia" contra o gestor municipal. Por fim, finalizou dizendo que está disposto a receber grupos de servidores que queiram dialogar,  buscar questões para o funcionalismo e ter respeito pelas pessoas e sem intenções meramente políticas.

Sindicato dos Educadores de Maricá entrega cestas de Natal para seus filiados



O Sindicato dos Profissionais em Educação de Maricá, começou ontem quarta-feira à entrega de Cestas de Natal para os educadores filiados.

A iniciativa da diretoria sindical é uma forma de agradecimento aos profissionais que fazem parte da luta diária por melhorias do ensino municipal e por uma educação pública de qualidade com a conquista de direitos sociais e trabalhistas.





Seu Geraldo aposentado de 85 anos foi um dos primeiros a receber a Cesta de Natal, orgulhoso da história de luta que ajudou a construir na cidade.






A entrega da cesta de natal está ocorrendo na sede do Sineduc no horário de 9h30 as 16h30 e vai até o dia 20 de dezembro. O filiado precisa levar contracheque atual, passaporte de vacinação e identidade.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Castro anuncia reajuste salarial de cerca de 10% para todo funcionalismo

Correção entrará em vigor a partir do pagamento de fevereiro do próximo ano


Rio - O governador do Rio, Cláudio Castro (PL), anunciou, nesta quarta-feira, 1º, um reajuste salarial de aproximadamente 10% para todo o funcionalismo público, incluindo pensionistas, aposentados e inativos, a partir do pagamento de fevereiro do ano que vem. A declaração foi dada durante entrevista coletiva na Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte.

"O salário de janeiro, no começo de fevereiro, o reajuste de mais de 10% para todo mundo, depois de sete anos sem reajuste, vamos dar para todo funcionalismo, é uma conta de R$ 3 bilhões por ano. Sem contar com dinheiro da Cedae, é em cima de atividade econômica, de recuperação do estado", afirmou Castro. 


"A gente está dando a recomposição salarial, que é permitida no regime de recuperação. Será o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) do ano, que é para todos, ativos e inativos e pensionistas, e ele respeita 100% o regime de recuperação fiscal", acrescentou o governador do Rio.

O Dia. 

terça-feira, 30 de novembro de 2021

Prefeitura do Rio e polícias Civil e Militar fazem megaoperação contra lava-jatos clandestinos




Estabelecimentos na Avenida Leopoldo Bulhões foram demolidos. Um pé de maconha foi encontrado na via.

Agentes da 21ª DP (Bonsucesso) realizam, nesta terça-feira (30), a operação Limpidus, contra lava-jatos clandestinos localizados entre os bairros Bonsucesso e Benfica, na Zona Norte. A região conhecida como "Faixa de Gaza", na Rua Leopoldo Bulhões, é dominada pelo tráfico de drogas e tem diversos estabelecimentos instalados de maneira irregular.

 A ação conta com apoio da Polícia Militar, concessionárias de energia e de água. A Guarda Municipal, a Secretaria de Conservação, além da Secretaria de Ordem Pública (Seop) e da Comlurb também atuam no local. O número de presos ainda não foi divulgado.

Hilton Alonso, titular da delegacia de Bonsucesso, disse que a unidade utilizou um drone para contabilizar os lava-jatos da região. Ao todo, são 83 estabelecimentos ilegais, alguns deles também são utilizados como ponto de venda de drogas. "As pessoas que param o carro para lavar, aproveitam e compram a droga de forma tranquila e sem precisar entrar na favela", explicou. Em um dos pontos os policiais encontraram um pé de maconha.

Os lava-jatos funcionam sem autorização dos órgãos públicos e ocupam uma das faixas da Leopoldo Bulhões, interrompendo a circulação de veículos. Os estabelecimentos são mantidos com energia elétrica e água furtadas. Além disso, os responsáveis utilizam cones de sinalização, em sua maioria furtados de empresas e órgãos da prefeitura como da Linha Amarela. 

As investigações apontam que o tráfico de drogas explora os lava-jatos para aumentar a arrecadação. Criminosos cobram uma taxa de R$ 30,00 por cada estabelecimento. Além disso, aqueles que se intitulam "donos do ponto" também cobram um valor pelo uso do espaço.

Diego Vaz, subprefeito da Zona Norte diz que a prefeitura compreende o momento de dificuldade financeira dos moradores das comunidades e em toda a cidade do Rio, mas que é preciso combater a expansão do domínio de grupos criminosos.

"A gente entende o momento econômico da cidade, entendemos toda a dificuldade que as pessoas estão passando, sabemos que dentro das comunidades pessoas precisam trabalhar, mas infelizmente a força do poder paralelo se usa dessa dificuldade, desse momento infeliz que a gente vive para poder usar as pessoas mais vulneráveis", explicou.

O secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale, foi ao local acompanhar a remoção dos lava-jatos. Segundo ele, a região foi mapeada pela delegacia de Bonsucesso e o local conta com cerca de 80 estabelecimentos irregulares.

"Eles mapearam aproximadamente 80 pontos de Lava Jato clandestinos. Então é um trabalho muito impactante na cidade, que vai liberar essa via de grande fluxo, além de fazer com que o espaço seja devolvido ao cidadão carioca e as atividades ilegais sejam efetivamente combatidas aqui pela prefeitura junto às forças policiais", disse o secretário.

Carnevale disse que as construções serão demolidas e que o objetivo é que a região não volte a ser explorada pelo tráfico. "A gente busca impactar de forma definitiva a região dificultando o retorno desses desses ilegais aqui ao local", completou.

O secretário de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere, explicou que a operação vem sendo planejada há cerca de seis meses em conjunto com as polícias. Ele definiu a região como "um dos grandes absurdos da cidade do Rio", e disse que a prefeitura será rigorosa com a atuação desses estabelecimentos ilegais.

"Completamente ilegal, em via pública, sem nenhuma caixa de separação. Tem químicos usados, além do furto de água permanente aqui nesse conjunto", destacou.

Fonte: O Dia

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Termina amanhã prazo para renovação de matrícula em Itaguaí 


A Prefeitura de Itaguaí iniciou no dia 3/11, o processo de renovação de matrículas dos alunos de educação infantil e ensino fundamental na rede municipal de ensino. Os pais ou responsável legal pelo aluno deve comparecer à unidade de ensino dentro do prazo estabelecido. O último dia para renovação se esgota amanhã, dia 30.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), as matrículas para o ano letivo de 2022, obedecerão o seguinte calendário:

-De três a 30 de novembro de 2021

Para alunos que já estudam na Rede municipal de ensino de Itaguaí e que permanecerão na mesma Unidade Escolar.

– De 03 a 14 de janeiro de 2022

a) Efetivação das matrículas dos alunos novos contemplados para as vagas nas Creches Municipais, de acordo com a lista de espera existente em cada creche, respeitando-se o quantitativo de vagas de cada Unidade;
b) Transferência, dentro da Rede Municipal de Ensino de Itaguaí, dos alunos oriundos das Creches Municipais, do Pré-Escolar e do Ensino Fundamental, nas
suas respectivas modalidades;


– De 17 a 28 de janeiro de 2022

a) Matrículas dos alunos novos (sem escolaridade anterior) para as classes de Educação Infantil (Pré- -Escola) e Ensino Fundamental, nas suas respectivas
modalidades;

b) Matrículas dos alunos oriundos, por transferência, de Unidades Escolares distintas da Rede Municipal de Ensino de Itaguaí, para as classes de Educação Infantil (Pré-Escola) e Ensino Fundamental, nas suas respectivas modalidades.

O Diretor de Legislação e Normas das SMEC, Anderson Roberto da Silva, faz um alerta: – É importante as famílias realizarem a renovação dentro do prazo para garantir a vaga do estudante na escola e turno desejado – enfatiza.

Os detalhes e mais informações sobre a renovação e a matrícula estão no Jornal Oficial, na edição extra 979, de 19 de outubro de 2021, que pode ser acessado através do link https://bit.ly/31yNLE9 (a partir da página 21).

Quatro estações do ramal de Belford Roxo são fechadas por ameaça de bomba

Após interdição e retirada do artefato as estações foram reabertas 


A Supervia fechou na tarde desta segunda-feira (29/11), quatro estações do ramal de Belford Roxo  por uma ameaça de bomba. Equipes foram acionadas depois de um objeto, que se assemelha a um artefato explosivo, foi encontrado nas proximidades da estação de Honório Gurgel.

Para ajudar no caso, a Polícia também foi chamada. As composições circulavam apenas entre a Central do Brasil e o Mercadão de Madureira e entre a Pavuna e Belford Roxo. De acordo com a Polícia Civil, tratava-se de um explosivo caseiro feito a partir de fogos de artifício, pregos e fitas adesivas. 

Após a retirada do explosivo da Estação Honório Gurgel pelo Esquadrão Antibombas da Polícia Civil, as estações Rocha Miranda, Honório Gurgel, Barros Filho e Costa Barros foram reabertas no final da tarde.

Caminhão de cerveja tomba na Via Dutra, na altura de Paracambi

Pista via sentido São Paulo esta com trânsito interditado e tráfego deslocado para faixa da esquerda 


Um caminhão que transportava latas de cerveja tombou na Via Dutra, na altura de Paracambi, no sentido São Paulo, na manhã desta segunda-feira (29). O acidente não deixou feridos, mas complica o trânsito na subida da Serra das Araras. A faixa da direita da pista segue ocupada pelo veículos e por agentes da CCR NovaDutra que tentam retirá-lo. O tráfego foi deslocado para a pista da esquerda.

Imagem de capa ilustrativa. 

Fonte: Jornal o Dia

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Covid: o que se sabe sobre nova variante detectada na África do Sul


Variante B.1.1.529 tem 50 mutações, algo nunca visto antes. Ainda não se sabe se ela é mais perigosa ou transmissível, mas alterações genéticas preocupam por possível defasagem das vacinas.

Há a expectativa de que, nesta sexta-feira (26), a Organização Mundial da Saúde (OMS) batize com um codinome grego uma nova variante do coronavírus que foi registrada pela primeira vez na África do Sul e já é considerada aquela com o maior número de mutações.

Ainda é cedo para dizer o quão transmissível ou perigosa é a variante B.1.1.529. Isto porque ela ainda está restrita a uma província sul-africana.
Mas um pesquisador já a classificou como "horrível", enquanto outro disse à reportagem que ela é a pior já vista.
Em uma entrevista coletiva, o professor Tulio de Oliveira, diretor do Centro para Resposta Epidêmica e Inovação, na África do Sul, disse que foram localizadas 50 mutações no total — e mais de 30 na proteína spike (a "chave" que o vírus usa para entrar nas células e que é alvo da maioria das vacinas contra a Covid-19).

Oliveira, que é brasileiro, disse que a variante carrega uma "constelação incomum de mutações" e é "muito diferente" de outros tipos que já circularam. "Esta variante nos surpreendeu, ela deu um grande salto na evolução [e traz] muitas mais mutações do que esperávamos".

Até agora, foram confirmados 77 casos na Província de Gauteng, na África do Sul; 4 casos em Botsuana; 1 em Hong Kong (uma pessoa que voltou de uma viagem à África do Sul) e 1 em Israel (uma pessoa que voltou do Malaui).
A variante traz uma preocupação em particular quando o assunto é a imunização.
Isto porque as vacinas foram desenvolvidas mirando a cepa original do coronavírus, registrada inicialmente em Wuhan, na China.

O fato da variante B.1.1.529 ser tão diferente do vírus inicial pode significar que as vacinas não funcionem tão bem.

Por outro lado, é importante destacar que a África do Sul tem só 24% da população totalmente vacinada, então, pode ser que, ao chegar a países com taxas mais altas de imunização, a variante não tenha tanta força.

Quando muitas mutações preocupam

Em relação à parte do vírus que faz o primeiro contato com as células do nosso corpo, esta variante tem dez mutações, em comparação com as apenas duas da variante delta, que se espalhou pelo mundo.
Muitas mutações não significam automaticamente algo ruim. O importante é saber o que elas provocam.

Houve na pandemia muitos exemplos de variantes que inicialmente pareciam assustadoras, mas acabaram não correspondendo a estas terríveis expectativas.


É o caso da variante beta, que inicialmente assustou por sua aparente capacidade de driblar o sistema imunológico. Entretanto, foi a variante delta que se espalhou pelo planeta.
Algumas das mutações observadas na B.1.1.529 já foram detectadas em outras variantes, o que pode dar pistas de seus efeitos.
A mutação N501Y, por exemplo, parece tornar mais fácil a propagação de um coronavírus.
Existem outras que tornam mais difícil para os anticorpos reconhecerem o vírus e podem tornar as vacinas menos eficazes, mas existem algumas que são completamente novas.
O professor Richard Lessells, da Universidade de KwaZulu-Natal na África do Sul, apontou que ainda há perguntas importantes a serem respondidas sobre essas alterações genéticas.

"Nos preocupa que esse vírus possa ter maior capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa — mas também que seja capaz de contornar peças do sistema imunológico."

Rodoviários anunciam paralisação a partir de segunda


O Sindicato dos Rodoviários anunciou, nesta quinta-feira, uma paralisação de cerca de 19 mil motoristas e cobradores de ônibus a partir da meia noite da próxima segunda-feira (29). Segundo Sebastião José, presidente da associação, não houve acordo durante a audiência de negociação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) com a prefeitura e empresário do setor. 

"Já são dois anos sem nenhum tipo de reajuste salarial. A situação do transporte de passageiros na cidade do Rio de Janeiro está completamente sem rumo, um verdadeiro caos generalizado, e quem acaba pagando o pato são os usuários e a categoria", explicou Sebastião.

A assembleia da categoria para deliberar sobre a paralisação está confirmada para o próximo domingo, às 20h, na sede social do sindicato, na Estrada Otaviano, 404, Rocha Miranda.

"Infelizmente os empresários e a prefeitura foram insensíveis em relação a atual situação da categoria. Já notificamos os órgãos competentes na ata da audiência de hoje nossa assembleia e a paralisação da categoria a partir das 0h de segunda-feira. Não dá mais para a categoria pagar a conta da total desorganização no transporte de passageiros na cidade", completou.

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Três homens foram presos no Sabugo em Paracambi

Durante a revista até granada foi encontrada


Ontem quarta-feira 23, durante patrulha no bairro Sabugo em Paracambi, policiais do 24º Batalhão de Polícia, que atuam em Paracambi, abordaram 3 rapazes com atitude suspeita. Após a revista foram encontrados 29 pinos cocaína, R$19,00, um tablete e um cigarro de maconha, uma réplica de pistola e uma granada.

Os acusados foram conduzidos à 51ª Delegacia de Polícia em Nova Iguaçu. Lá foi constatado que um dos homens já havia cumprido pena. Após averiguação, todos seguiram presos, autuados nos artigos 33 e 35 da Lei 11.343/06, que configura tráfico de drogas e associação ao tráfico. Também acabaram penalizados no artigo 16 da Lei 10.826/03, que indica porte de arma de fogo.