quinta-feira, 23 de junho de 2022

Prefeitura lança Projeto Cegonhão em Itaguaí


A Prefeitura de Itaguaí inaugurou, nesta quarta-feira (22/06), em solenidade na Clínica da Família Ibirapitanga, o “Projeto Cegonhão”, da Secretaria Municipal de Saúde. O ato foi acompanhado por autoridades da administração municipal, da Câmara Municipal, de moradores, além de um grupo de gestantes.

Segundo a prefeitura, o projeto consiste em promover atenção humanizada às gestantes itaguaienses, do pré-natal ao nascimento dos bebês.

O programa foi regulamentado por lei municipal aprovada na Câmara de Vereadores, cujo objetivo é incentivar a futura mamãe a frequentar as consultas de pré-natal.

Presente na cerimônia, o prefeito de Itaguaí, Rubem Vieira, comemorou esta nova conquista para a cidade:

“Essa é a realização de um sonho de três anos atrás, quando eu ainda era vereador e, claro, após a minha experiência de ser pai. Não é uma criação nossa, pois já existe no município do Rio. Mas, como é uma experiência que deu certo na capital, decidimos implantar no município”, explica.


Para ter acesso ao programa e receber o kit cegonhão, as futuras mamães precisam cumprir alguns pré-requisitos. Um deles, por exemplo, é ter, no mínimo, sete consultas de pré-natal. O kit contêm itens como roupinha, manta, meia, toalha, toca, body e outros.

“Além do pré-natal, também solicitamos exames laboratoriais e de imagem para que possamos acompanhar a evolução da gestação. Também damos atenção à vacinação completa da gestante contra muitas doenças, como covid, influenza, hepatites, tétano, dentre outras”, pontua a diretora de Atenção Básica, Cristiane Domingues.



Em Itaguaí, segundo Domingues, são realizados aproximadamente 1.200 pré-natais por quadrimestre. Os números são positivos, mas nem sempre foi assim.

“Algumas gestantes chegavam à maternidade com duas consultas, outras sem pré-natal, até grávidas com ciclo de acompanhamento incompleto”, recorda.



Van adaptada

A Prefeitura também destinou ao projeto uma van que será usada nas ações do projeto. Trata-se de um veículo novo, adaptado, para dar mais conforto e segurança para o bebê e a mamãe.

“Assim que o neném nasce no hospital, no seu segundo dia de vida, ele ganha alta. E, muitas vezes, precisa ir de condução com sua família para casa. A nossa preocupação era uma só: o bebê não está imunizado, preparado para andar no transporte público”, ressalta o prefeito.

Para o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Zóia, o projeto é reflexo da transformação implementada na saúde pública nos últimos dois anos.

“É um projeto que visa melhorar a atenção Básica e o pré-natal das nossas gestantes. É mais um passo que estamos dando na reformulação do sistema de saúde pública municipal. Parabenizo o prefeito pela sensibilidade. Sempre atento aos anseios da população, especialmente das gestantes”, acrescenta Zóia.



Grávidas comemoraram

“É muito gratificante poder participar desse momento. É um projeto importantíssimo idealizado para nós, gestantes. Vai nos trazer segurança neste momento tão sensível em que temos muitas dúvidas. Certamente, vai nos auxiliar ainda mais até chegar o dia do parto”, avalia a moradora Tayanne Ramos.


O texto da lei ainda prevê que a gestante possa conhecer a maternidade antes do parto. Neste caso, a visita deve ser agendada no 3º trimestre da gestação, ocasião em que poderá participar de ações educativas.

#cegonhão
#projeto
#mães
#saude
#PrefeituraDeItaguai 

Nenhum comentário:

Postar um comentário